Lady Gaga pede para mulheres falarem sobre estupro

‘Vamos nos livrar de todo esse lixo’

Lady Gaga tem usado o poder da sua imagem para ajudar as vítimas de violência sexual. Um bom exemplo disso é o clipe recente para a música Til It Happens To You(que você pode assistir ao final da matéria). A música, aliás, faz parte da trilha do documentário The Hunting Ground, que trata de estupros em universidades dos Estados Unidos.

Desde que ela havia revelado, no final do ano passado, que havia sido estuprada quando tinha 19 anos por um produtor com quem trabalhou, Gaga tornou-se, assim com já fez com a causa LGBT, uma bandeira ainda mais forte contra a violência contra a mulher. E nesta semana, ela deu alguns detalhes do caso que aconteceu com ela.

“Por causa da maneira como eu me visto, e o jeito que sou provocativa como pessoa, achava que eu tinha atraído isso para mim de alguma forma, que isso era minha culpa”, ela afirmou ao New York Times.

Em outra entrevista ao Washington Post, Gaga disse que após ser abusada, se calou, como muitas vítimas fazem, pelos mais diversos motivos. “Não contei (do estupro) para ninguém por uns sete anos. Não sabia o que pensar. Não sabia como aceitar. Não sabia como não me culpar ou pensar que era minha culpa. Foi algo que relamente mudou minha vida. Mudou quem eu era completamente”.

Mas a cantora não acredita que se calar seja o caminho para começar a resolver o problema. Pelo contrário: ela quer encorajar mulheres a livrarem-se “de todo esse lixo”. “Não queremos que você guarde essa dor e deixe que ela apodreça como uma maçã na prateleira. Vamos nos livrar de todo esse lixo. Vamos nos livrar disso juntas”.

Imagem de Amostra do You Tube