França: Casal gay manda recado a agressores e viraliza na web

Eles foram atacados por um grupo de seis homens que fugiram

Os namorados Clément Grobotek e Aaron Cfy estavam saindo de uma boate, em Montpellier, na França, quando foram atacados por um grupo de seis homens que os espancaram brutalmente. Aaron chegou a ficar inconsciente.

Diante de tamanha demonstração homofóbica, o casal levou a agressão às redes sociais com um relato sincero e emocionante. Em pouco tempo, o caso viralizou e todo o mundo já tinha conhecimento da história deles.

“Estamos em 2015, nossos avós já aceitam a homossexualidade. Eu não entendo como pessoas podem ser tão limitadas a ponto de não aceitar e agredir pessoas por sua orientação sexual”, disse Clément, em entrevista ao portal francês 20minutes.

Leia aqui a tradução do post de Clément no Facebook:

“Esta noite, nos fomos insultados e espancados por essas pessoas homofóbicas depois de deixar um clube. Claro, não preciso para descrever o medo que senti quando vi a pessoa que amo inconsciente no chão, com sua cabeça cheia de sangue e a incapaz de compreender o que estava sentindo e como me sentia impotente. A questão é, nós dois nos defendemos e sim, eles tiveram que bater mais forte! Seis pessoas contra duas, parece que não foi o bastante! Para que vocês, além de intolerantes, são covardes também! Mas quer saber? Vocês sempre serão impotentes! Vocês podem bater de novo e de novo, vocês nunca vão me fazer parar de amar meu namorado mais do que tudo. Talvez somos bichas ou homossexuais, como vocês dizem, mas nós não brigamos quando são duas pessoas contra seis. Beijos, queridos homofóbicos”.

Os agressores fugiram e até agora não foram identificados.