Florianópolis: Pop Gay 2016 está confirmado para segunda-feira de Carnaval

Com uma economia de R$ 6 milhões, a Prefeitura entra 2016 cumprindo com todos os eventos já consagrados no calendário da cidade

Com o sucesso da experiência deste ano, quando a Prefeitura atingiu uma economia de 30% no Natal e Réveillon e mais 45% no Carnaval e mesmo assim manteve todos os eventos na agenda, a intenção é ir além e chegar a marca de 100%. “Vamos nos esforçar para chegar ao custo zero em eventos, buscando sempre parcerias com a iniciativa privada”, disse o prefeito Cesar Souza Junior.

O próximo evento no qual será feita a mesma tentativa de parcerias é o aniversário da cidade, comemorado em março. A Secretaria de Turismo já está se articulando para isso. “Estamos atrás de apoiadores. Não há mais como sustentarmos uma realidade onde tudo é pago com dinheiro público, é preciso dividir e se ajudar”, afirmou a secretária Zena Becker.

Pop Gay 2016 está garantido

Com apoio da iniciativa privada, da mesma forma que o Zé Pereira, o Pop Gay, um dos eventos mais tradicionais do Carnaval de Florianópolis, também está confirmado. A união de esforços envolve desde o apoio de grandes empresas, até pequenos patrocinadores e quem ganha é a cidade.

A programação está tão boa quanto a do ano passado, com shows e os concursos Pop Gay Beauty Queen, que escolhe a mais elegante, e o Pop Gay Drag Queen, para eleger a mais produzida.

A festa, que custava aproximadamente R$ 270 mil em recursos públicos, agora não irá gerar custos ao Município, e mesmo assim não perderá seu brilho.

“Uniões como esta reforçam o quanto precisamos buscar uma gestão voltada para a parceria público-privada. A cidade toda ganha, desde uma praça que é adotada até um evento 100% pago por patrocinadores, só nos mostra que podemos, sim, enxugar recursos para investir em outras áreas, como educação e saúde”, enfatizou a secretária de Turismo.