Angola: Igreja metodista condena casamento homossexual

O bispo, que falava numa palestra à margem da semana de atualização Teológica que decorre na igreja de Monte Sinay, admitiu que a igreja tem sido continuamente pressionada a tomar posições que abandonam as normativas do ensino da escritura no que diz respeito a conduta homossexual.

“Existe um grupo que entende o casamento como um contrato de curto período, que deseja legitimar a prática homossexual, e não se importa em proteger o recém-nascido e a geradora deste”, fez saber.

O bispo Gaspar afirmou que desde 1972 a igreja metodista tem afirmado que os homossexuais são “pessoas de verdadeira consagração, que precisam de ministério e orientação da igreja para superação de suas dificuldades”.

Ainda existe pessoas que distorcem o que diz a Bíblia, sem nenhuma vergonha de mentir. Muito triste.