Foto de menina transgênero levanta debate sobre uso de banheiro na Carolina do Norte

“Se a menina na foto acima fosse sua filha, você se sentiria confortável em mandá-la ao banheiro masculino?”, com essa pergunta a fotógrafa Meg Bitton levantou um debate sobre como a lei anti-LGBT na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, vai mudar o dia a dia das pessoas.

A lei HB2 foi aprovada pelo legislativo e promulgada pelo governador Pat McCrory no dia 23 de março, proibindo as localidades de terem leis contra discriminação e obrigando o uso dos banheiros públicos de acordo com seu sexo de nascimento. Sendo assim, Corey, a menina da foto, teria que usar um banheiro masculino.

Corey

Segundo o jornal “Metro”, Corey tem 14 anos de idade. Com a permissão dos pais dela, Meg postou a imagem junto com uma mensagem. “Ela nasceu com a anatomia masculina, mas se identifica como uma mulher. Sob as novas leis, ela seria forçada a usar o banheiro dos homens. Portanto, eu não estaria confortável mandando ela para o banheiro dos homens se ela fosse minha filha. Seja justo. Seja amável. Seja empático. Trate os outros como você gostaria de ser tratado”, escreveu a fotógrafa. A publicação teve mais de 50 mil likes e reações, além de 28 mil compartilhamentos desde que foi feita, nesta terça-feira.