Câmara de Lisboa hasteou bandeira LGBT

Para marcar o dia nacional contra a homofobia e a transfobia, a Câmara Municipal de Lisboa hasteou a bandeira do arco-íris

Na primeira vez que se comemora, em Portugal, o dia Nacional contra a Homofobia e a Transfobia, a Câmara de Lisboa hasteou na varanda principal do edifício, junto à bandeira do município, a bandeira da causa LGBT.

A iniciativa foi da responsabilidade do movimento Cidadãos por Lisboa, que integra o executivo da Câmara de Lisboa juntamente com o PS. Portugal aderiu a este dia Nacional pela primeira vez, depois de há quase um ano ter sido aprovado por unanimidade, no Parlamento, um projeto de resolução do PS nesse sentido.

 Nessa altura, para instituir este dia, os socialistas argumentavam que era “celebrado em todo o mundo e reconhecido oficialmente em diversos Estados e na própria União Europeia como a data em que se assinala o longo percurso do combate à discriminação homofóbica e transfóbica e a luta pelo reconhecimento de direitos face à lei”. A data de 17 de maio marca também o momento em que, em 1990, a Organização Mundial de Saúde retirou a homossexualidade da classificação internacional de doenças.