MT: Jovem é preso após matar homossexual estrangulado

Divisão de Homicídios da Polícia Judiciária Civil de Primavera do Leste (231km ao Sul) indiciou ontem, terça-feira (21), Marcos Vinicius Ricci, de 19 anos, pelos crimes de latrocínio e ocultação de cadáver. O crime foi praticado contra Aldo Rodrigues Feitosa, 31 anos.

Ele desapareceu no dia 09 de junho, após ter recebido ligação do suspeito que teria prometido um encontro sexual com a vítima que era homossexual. Segundo apurado pelos policiais civis, o objetivo primordial de Marcos era a subtração do veículo Celta da vítima.

No dia do crime o suspeito convenceu a vítima a ir buscá-lo no bairro Primavera III e de lá, ao passar por uma rua escura do bairro Buritis, ambos teriam descido do carro, momento em que a vítima foi estrangulada. O indiciado teria colocado o corpo da vítima no bagageiro do veículo e partido para a saída de Paranatinga (373 km ao Sul) e na altura da ponte de concreto do Rio das Mortes, arremessado o corpo para ocultar o crime.

Na ação criminosa, Marcos também roubou dinheiro em espécie, celular e documentos pessoais de Aldo. O latrocínio causou enorme repercussão na cidade de Primavera do Leste e sua investigação foi considerada prioritária pela Polícia Civil.

As diligências e outras atividades investigativas foram presididas pelo delegado Rafael Sippel Fossari, que realizou o indiciamento na data de hoje.