Ator que faz Luke Skywalker diz que personagem pode ser gay

Mark Hamill afirma que o jedi não tem uma opção sexual definida

Os fãs dos filmes Star Wars, criados pelo diretor americano George Lucas, foram pegos de surpresa com uam declaração dada pelo ator Mark Hamill, que interpreta o jedi Luke Skywalker, ao tabloide inglês The Sun. Segundo Hamill, o famoso personagem da saga estelar, filho do poderoso vilão Darth Vader (ou Anakin Skywalker), pode ser homossexual.

Ele explica que o autor e diretor George Lucas não especificou a sexualidade de Luke Skywalker e acha que os fãs de Star Wars podem ajudar nessa questão. “Hoje, os fãs me escrevem com vários questionamentos, inclusive dizendo que sofrem bullying na escola e que têm medo de se assumir. Perguntam também se Luke pode ser gay. Eu diria que essa questão deve ser interpretada como o expectador quiser. Se você acha que Luke é gay, claro que ele é. Você não deve se envergonhar disso. Julgue o Luke pelo caráter dele, e não por quem ele ama”, comenta Mark Hamill ao jornal The Sun. O ator voltou a atuar como o filho de Anakin Skywalker nos dois episódios mais recentes da saga, trabalhando ao lado da irmã, a princesa Leia, interpretada pela saudosa atriz Carrie Fisher, que faleceu no dia 27 de dezembro de 2016 – ela deixou gravada sua participação no episódio VIII.

Vale lembrar que em entrevista realizada no início de janeiro deste ano, o diretor J. J. Abrams (Cloverfield e Super 8), que dirigiu e roteirizou o aclamado filme Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força, afirmou que adoraria ver um personagem gay na franquia de George Lucas.

Que sabe no próximo longa, Episódio VIII, deve chegar aos cinemas ainda este ano, e que é produzido por J. J. Abrams e dirigido por Rian Johnson (Breaking Bad), os fãs poderão ter alguma surpresa em relação à sexualidade de algum dos personagens?